Terça-feira
22 de Outubro de 2019 - 
Prestação de Serviços Jurídicos de Qualidade

TJSP firma contrato com bancos para gestão da folha de pagamento

Bradesco, Banco do Brasil e Santander estão credenciados.           Com pioneirismo e arrojo, o Tribunal de Justiça de São Paulo adotou o sistema de credenciamento de bancos para a gestão da folha de pagamento de servidores e magistrados, ativos e inativos. Para concretizar esse novo modelo, o presidente do TJSP, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, assinou hoje (16) os contratos com os três bancos que se credenciaram: Bradesco, representado pelo diretor-presidente, Octavio de Lazari Junior; Banco do Brasil, representado pelo vice-presidente, João Pinto Rabelo Júnior; e Santander, representado pelo vice-presidente Executivo, Alessandro Tomao. “São Paulo, como sempre, madruga nas boas iniciativas e é o primeiro Tribunal a concluir o processo de credenciamento de bancos para gestão da folha de pagamento”, afirmou o presidente Pereira Calças.         A assinatura aconteceu no Gabinete da Presidência do Tribunal, com a presença de muitos desembargadores, juízes e servidores, que prestigiaram o momento histórico no TJSP.  Até hoje a gestão da folha de pagamento era de responsabilidade de um único banco, que detinha a exclusividade do serviço. O sistema de credenciamento permite a livre concorrência entre as instituições bancárias interessadas, com a oferta de melhores serviços e condições contratuais a servidores e magistrados, que passam a ter a liberdade para escolher em qual banco credenciado desejam receber seus vencimentos. “A equipe do TJSP trabalhou por mais de um ano para que desenhássemos esse novo modelo de negócios que envolve, exclusivamente, a folha de pagamento. Uma folha que abrange  64 mil servidores e  4 mil magistrados, entre ativos e inativos, 15 mil estagiários e 15 mil terceirizados”, contou o presidente.         Pereira Calças também falou sobre a contrapartida que será paga pelos bancos ao TJSP, totalizando cerca de R$ 600 milhões, três vezes mais que o último contrato, firmado há cinco anos. A quantia será destinada ao Fundo Especial de Despesas da Corte paulista. “Essa é uma contrapartida importante para que o Tribunal possa exercer com competência as funções jurisdicionais que lhe cabem por força do dever constitucional. O valor é destinado ao aprimoramento da prestação dos serviços ao cidadão paulista, cumprindo os princípios da Constituição Federal de eficiência, moralidade, cidadania e dignidade da pessoa humana”, ressaltou.         Os representantes dos três bancos que se credenciaram também fizeram uso da palavra e destacaram que o modelo escolhido pelo TJSP traz benefícios a todos os envolvidos. Octavio de Lazari Junior, do Bradesco, que foi o primeiro banco a se credenciar, falou sobre a melhora nos serviços. “Acho que o Tribunal tomou a melhor decisão e será exemplo para outros tribunais. É a melhor forma de rentabilizar um ativo importante que vocês têm. Nosso sentimento é de agradecimento e de uma responsabilidade muito grande, para que a gente possa trazer um atendimento adequado e a altura do TJSP. E tenho certeza que os outros bancos que se inscreveram também vão se esmerar para que cada um, cada vez mais, possa fazer um trabalho adequado, com uma concorrência que é sempre sadia e nos faz melhores.”         Pelo Banco do Brasil, segunda instituição a se credenciar, falou João Pinto Rabelo Júnior. “Desde a compra da Nossa Caixa Nosso Banco, o Banco do Brasil vem sendo parceiro do TJSP e não podíamos nos furtar de uma convocação do presidente Pereira Calças. Vamos continuar prestando nossos serviços e oferecendo as nossas portas para todos os clientes e, como disse o diretor-presidente do Bradesco, a concorrência vai fazer bem a todos nós e permitirá que os senhores possam comparar serviços e que tenham acesso a atendimento de qualidade”, disse.         Alessandro Tomao, do Santander, foi o terceiro a falar, pela ordem de credenciamento. “É uma honra participar desse modelo, do qual entendemos ser muito saudável para a comunidade jurídica. Estamos aqui, nos colocando como uma opção dentro dessa concorrência saudável e com o compromisso de que vamos trazer um serviço da melhor qualidade, com preço justo. Estamos muito felizes em participar e na certeza de seremos uma opção ao mesmo nível dos nossos concorrentes”, finalizou.         Acompanharam a cerimônia o decano do TJSP, desembargador José Carlos Xavier de Aquino; o presidente da Seção de Direito Público do TJSP, desembargador Getúlio Evaristo dos Santos Neto; o presidente da Seção de Direito Criminal do TJSP, desembargador Fernando Antonio Torres Garcia; o integrante do Conselho de Administração do Bradesco Josué Augusto Pancini; o superintendente do Poder Público do Bradesco, Marcus Vinicius Pioto; do gerente do Poder Público do Bradesco, Jorge Luis Cardouzo; o gerente-geral do Banco do Brasil, Ronaldo Hirotugui Guibo; o gerente de Negócios do Banco do Brasil, Wagner Vargas Júnior; a gerente de Relacionamento do Banco do Brasil, Vania Mangeri; o diretor Executivo do Santander, José Roberto Machado; o gerente Comercial do Santander, Adriano Manzani Pereira; o responsável pelo segmento de Governo e Instituições do Santander, Fernando Alberto Cirino; o presidente da Prodesp, André Arruda; e os superintendentes da Prodesp, Carlos Alberto Fernandes Gomes e Rodrigo Mauro Ruiz de Matos.         Também prestigiaram a assinatura os desembargadores Willian Roberto de Campos, Sidney Romano dos Reis, Luiz Fernando Salles Rossi, Luís Francisco Aguilar Cortez, Álvaro Augusto dos Passos, Cesar Ciampolini Neto, Alexandre Alves Lazzarini, Mary Grün, Marcelo Fortes Barbosa Filho, José Maria Câmara Júnior; o juiz substituto em 2º Grau Gilson Delgado Miranda; o juiz diretor da 1ª Região Administrativa Judiciária, Régis de Castilho Barbosa Filho; a juíza diretora do Fórum João Mendes Júnior, Laura de Mattos Almeida; os juízes assessores da Presidência Leandro Galluzzi dos Santos, Camila de Jesus Mello Gonçalves, Ana Rita de Figueiredo Nery, Maria Rita Rebello Pinho Dias, Paula Lopes Gomes, Renato Hasegawa Lousano, Ana Claudia Dabus Guimarães e Souza de Miguel, Tatiana Magosso, Airton Pinheiro de Castro, Ricardo Dal Pizzol e Daniela Maria Cilento Morsello; os secretários do TJSP Ariovaldo Tedeschi (Administração e Abastecimento), Rosana Barreira (Magistratura), Patrícia Maria Landi da Silva Bastos (Gestão de Pessoas), Elisa Mitsiko Matsuse  (Orçamento e Finanças); demais magistrados e servidores.           Escolha dos bancos         No credenciamento não há vencedor: todos os bancos habilitados estão aptos a gerenciar a folha e o servidor/magistrado, ativo e inativo, escolhe em qual dos três quer receber seu salário: Bradesco, Banco do Brasil ou Santander. Além da liberdade de escolha, o sistema é vantajoso para os servidores e magistrados, que podem avaliar as melhores condições e tarifas de serviços e negociar. É uma excelente oportunidade para, por exemplo, renegociar financiamentos e empréstimos. Se um banco oferecer melhores condições, é possível fazer a portabilidade de empréstimos consignados, financiamentos imobiliários ou outros créditos.         Entre os dias 17/9 e 4/10, magistrados e servidores devem registrar sua opção no site www.tjsp.jus.br/credenciamentobanco, desenvolvido pelo TJSP exclusivamente para essa finalidade. Se já tiver uma conta no banco selecionado, pode informar a agência e o número da conta corrente para receber o pagamento. Caso não tenha, é direcionado para o site da instituição de sua escolha, onde tem acesso à lista de agências para a indicação de sua preferência. No portal também estão as propostas detalhadas de cada instituição, como pacotes, benefícios e taxas oferecidas. Além do site, há espaços provisórios para cada banco nos prédios do Tribunal, com representantes para os esclarecimentos de dúvidas e fornecimento de informações.         As atuais agências e postos de atendimento nos prédios do Judiciário serão distribuídos entre as instituições credenciadas. Nas comarcas de entrância inicial, os espaços serão destinados ao banco que obtiver maior número de adesões. Nas demais, poderá haver mais de um posto dentro do prédio, pois, quando possível, os locais serão readequados.           Assista ao vídeo da cerimônia.                     imprensatj@tjsp.jus.br
16/09/2019 (00:00)
Visitas no site:  491340
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.